segunda-feira, 25 de março de 2013

ESPECIAL DE TERROR - MOZART COUTO


No universo das histórias em quadrinhos nacionais, poucos quadrinhistas conseguem transmitir, para o papel, sua própria experiência de vida, sua filosofia, sua concepção de realidade. E um destes é Mozart Couto.
Este mineiro de Juiz de Fora iniciou sua trajetória na HQB através da extinta Editora GRAFIPAR, e também nas: Editora PRESS e na Editora NOBLET, produzindo desde HQs eróticas, terror e até ficção cientifica.
Seu traço é bonito e seguro. E tem um cuidado especial para a figura humana. Suas “mulheres” tem uma beleza plástica estonteante , mas nunca fugindo da expressão do real. Seus “homens” não tem corpos de halterofilistas ou de super-homens, mas a cara do cotidiano, da pessoa da rua.
Nas HQs de Mozart , rostos, gestos e situações são palpáveis, atuais, existe uma forma de sentir , de transmitir o personagem brasileiro, seus costumes, expressões, regionalimos, roupas e ambientes.
Existe no trabalho de Mozart uma preocupação com o sentimento humano e com o próprio ser humano, que são uma constante em Mozart, isso é reflexo direto de sua visão de mundo voltado para o espiritismo e o humanismo.
A crença na existência de outras realidades, além do nosso presente, abre um leque muito grande de possibilidades narrativas. Alguns personagens criados por Mozart Couto, exprimem este sentimento , como o HOMEOPATA (publicado na revista MUNDO DO TERROR da Editora PRESS), O MAGO e o GUERREIRO (publicado na revista CALAFRIO da Editora D’ARTE) e principalmente A HISTÓRIA DE UM ESPÍRITO (publicado pelo Instituto Maria de Juiz de Fora (MG).
Este é um estímulo positivo e gratificante, para que todos os leitores e curtidores do quadrinho brasileiro, procurem em cada HQ de Mozart um sentimento transformista, uma realidade próxima, e uma esperança futura, de que a humanidade tem passos para dar, e que através de sua arte, este passos estarão sendo revelados.
Este ESPECIAL DE TERROR é uma tentativa de caracterizar esse humanismo. Por isso leia, analise, releia e reflita um Mozart Couto, talvez, desconhecido até hoje para você, uma grata surpresa, uma experiência nova, uma paixão a mais.


O mestre Mozart Couto em sua prancheta de trabalho


Então é só clicar na hiperligação, e não esquecer de deixar seu comentário, que não levará mais que alguns segundos. Seja o primeiro a comentar! 






Nenhum comentário:

Postar um comentário